sábado, 14 de dezembro de 2019

Dsei MS tem novo Coordenador Distrital: Professor Eldo é o indicado para a gestão

Coord-Dsei-2019-10.jpeg
Saúde Indígenas 2019

Primeiro encontro e bate papo entre o Coordenador do Dsei-MS Eldo Elcidio Moro com Lideranças e trabalhadores Indígenas. Fotos: Sidney Terena

Campo Grande, MS – O Professor e gestor publico Eldo Elcidio Moro, é o mais novo coordenador do Dsei-MS, (Distrito Sanitário Especial de Saúde Indígena de Mato Grosso do Sul). Sua nomeação foi publicada no Diário Oficial da União da última terça-feira (08), sob a portaria Nº 2.656, de 08 de outubro de 2019, que foi assinado pelo Ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta. Na mesma Portaria foi feita a exoneração do coordenador do Dsei-MS até a data, Fernando da Silva Souza.

O ex-coordenador, Fernando de Souza atuou na pasta desde maio de 2019, por um período de um ano e quatro meses. Entre o movimento Indígena de MS, o ex-coordenador tinha restrições. Pois segundo alguns grupos de Lideres, disseram que o mesmo não atendeu dentro das expectativas dos Indígenas na Base (Aldeias). Segundo informações levantadas, já existia movimento para a substituição de Fernando. O novo coordenador já teve um primeiro contato com algumas Lideranças e trabalhadores, onde se apresentou e conversaram sobre suas metas de trabalho para o Dsei-MS.

No primeiro encontro com os Povos Indígenas o Coordenador Eldo, conversou e ouviu representeantes de vários Povos de MS, como: os Ofaié, os Kaiowá e Guarani da região ConeSul, os Kadiwéu, os Kinikinau da TI de Nioaque, que trouxeram um salvo dos Atikum que moram na região e dos Terenas. O Presidente do Focams (Fórum dos Cacique de MS), disse que as expectativas com o novo coordenador são grande. “Mesmo não sendo Indígena, temos grandes expectativas com o novo coordenador, pois mostra experiencia no serviço publico e tem propostas de prioridades que visa atender nossas comunidades com emergências”, disse Jucelino Mamede, presidente do Focams.

Durante o encontro tiveram alguns questionamentos pró e outros neutros em relação a nova gestão. Algumas Lideranças presentes reconhecem que o Dsei-MS precisa de uma atenção especial, pois em muitos relatos foram dito que o atendimento a Saúde Indígenas nas aldeias esta muito precária. Segundo as Lideranças que estiveram presente relatou que tem aldeias que não tem médicos a meses para o atendimento continuo. Assim reconhecem que Distrito de MS precisa de mudanças imediatas. Durante a reunião as Lideranças disseram em apoiar o novo coordenados enquanto outros disseram que iram ouvir suas base, mais deixaram claro que não são contra a mudança da coordenação local.

 

 

 

 

 

Professora Elineia Jordão, da Aldeia Ipegue de Aquidauana, defendeu que por ser professor aumenta a capacidade para o novo coordenador fazer a gestão da pasta da Saúde Indígenas. “Sou professora e fico triste quando alguns falam que por ser professor não tem condições de fazer a gestão da Saúde Indígena, Somos profissionais da educação e acredito estamos preparados para qualquer desafios. Pois somos capazes de assumir qualquer responsabilidades da gestão publica. Tenho plena confiança no trabalho que será desenvolvido pela Coordenador Eldo”, Destacou a professora Elinéia.

A indicação tem o respaldo da Bancada Federal de Mato Grosso do Sul e é encabeçada pela Deputada Federal Rose Modesto. O Coordenador Eldo, disse que assume esta missão com muita responsorialidade e tem como prioridade e desafio de fazer o atendimento a saúde indígenas chegar as aldeias como esta proposto. Para chegar ao resultado esperada em curto prazo ele disse que precisa do apoio das Lideranças e ajuda dos trabalhadores e suas Comunidades.

 

 

 

 

 

 

 

Da Redação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

treze − 5 =

Top