segunda-feira, 22 de julho de 2019

Índias Terena de MS será o Brasil na Conferência Internacional das Línguas Indígenas no Canadá

Canada-ok.jpg


A Conferência Internacional das Línguas Indígenas foi marcada
para acontecer este mês na Colúmbia Britânica Canadá. O evento acontece nos dias 24 a 26 de junho de 2019.

 

Com as malas cheias de entusiamos e com muita esperança de dias melhores, as professoras e Artesãs Indígenas Terena; Maria Auxiliadora e Fabriciane Malheiros embarcaram hoje (22-06), para o Canadá. A missão, representar a Nação Indígenas Brasileira no Conferência Internacional das Línguas Indígenas. O encontro é organizado por e para os Povos Indígenas. Tem como objetivo apoiar as melhores práticas de revitalização do idioma Tradicional. O evento também tem a organização da UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura). As Nações Unidas declararam 2019 como o Ano das Línguas Indígenas como um mecanismo importante para chamar a atenção internacional sobre a perda grave de idiomas indígenas e a necessidade urgente de preservar, revitalizar, promover e mobilizar ações urgentes para proteger.

As representantes brasileiras no Canadá são moradoras da Aldeia Marçal de Souza, localizada em Campo Grande (MS). A Aldeia Marçal de Souza nasceu pela necessidade de moradias. Assim traz em sua história exemplo de lutas,

vitórias e a re’existência. Que, desde o inicio de sua formação (1995), há 24 anos vem enfrentando o preconceito do dia-a-dia visando obter o Respeito e o Reconhecimento como Povos Tradicionais.


Conquistas

Varias vitórias são visíveis. Como a participação do poder público municipal em 2018. Na época intermediou junto à Embaixada do Canadá  apoio financeiro para a revitalização do Memorial da Cultura Indígena localizada na Aldeia. “O embaixador canadense, Riccardo Savone é um defensor das causas Indígenas e seus direitos. Assim nossa participação tende a estreitar laços de amizades e futuras parcerias. Com o intuito de continuarmos disseminando e propagando a nossa História e Cultural Terena”. Disse Maria no momento do embarque.

 

Segundo as professoras, a participação delas no evento se deu por convite que partiu da Fundação Cultural Primeiros Povos e da Comissão Canadense da Unesco. A instituição providenciou passagem e hospedagem. Contou também com convite especial do Embaixador da Canadá no Brasil Ricardo Savoni.  Ambas são funcionarias da  prefeitura de Campo Grande. Maria Auxiliadora é chefe de Divisão de Cultura Indígena da Sectur. Fabriciane Malheiro, educadora social da SAS.

 

Da redação

One thought on “Índias Terena de MS será o Brasil na Conferência Internacional das Línguas Indígenas no Canadá”

  1. Dayse Cristina Nascimento farias disse:

    Todos por um e um por todos e muito importante estas conferências

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

catorze + treze =

Top