sexta-feira, 16 de abril de 2021

Subsecretaria entrega doação de máscaras para população Indígena Kadiwéu

SPPPI-MS-Máscara.jpg

SPPPI-MS: Foram entregue doação de máscaras de proteção individual destinados a Artesãos Indígenas da Aldeia São João do município de Porto Murtinho. (Imagens SPPPI-MS)

SPPPI-MS: Foram entregue doação de máscaras de proteção individual destinados a Artesãos Indígenas da Aldeia São João do município de Porto Murtinho. (Imagens SPPPI-MS)

Campo Grande, MS – A SPPPI-MS (Subsecretaria de Estado de Políticas Públicas para a População Indígena). Entregou no último final de semana equipamentos de proteção individual (EPIs). Foram entregue máscaras de proteção individual destinados a Artesãos Indígenas da Aldeia São João do município de Porto Murtinho. A Subsecretária Benilda Vergiílio na companhia da Ex-subsecretária Silvana Terena entregou em mãos as máscara para Marlene. Ela é a recepcionista de portaria do Polo Base de Bodoquena. Os materiais serão destinados a referida aldeia. Será entregue com o apoio do Chefe do Polo Seo Paulino Benites. Além do Coordenador Deones Gabriel, que também é enfermeiro da região. A Subsecretária Benilda agradeceu ao chefe do Polo Paulino pela parceira. Segundo ela as duas instituições estadual e federal tem trabalhados juntos em ações pelo bem estar das Aldeias da região. “Todos contra o COVID-19, saúde e proteção a todos”. destacou Benilda.

SECID/MS (Subsecretaria Especial de Cidadania)

A doação dos equipamentos de proteção individual (EPIs), foi feita pelo IPEDI – UFGD (Instituto de Pesquisa da Diversidade Intercultural). Foram doados mil e seiscentas máscaras, que deverão ser destinadas para artesãos Indígenas do Povo Kadiwéu residentes nas Aldeias da TI (Terra Indígena) Kadiwéu do município de Porto Murtinho.

“No início da pandemia nós iniciamos uma força tarefa que reúne várias organizações da sociedade civil, entre elas o IPEDI para desenvolver uma ação emergencial de atendimento as comunidades tradicionais do pantanal que nós desenvolvemos ações e projetos. As máscaras vieram por intermédio da Rede Asta, que é uma rede de artesanato que contrata costureiras que produzem essas máscaras que são doadas. Nós recebemos essas máscaras e estamos repassando entre os nossos projetos e parceiros. A Benilda é nossa parceira há algum tempo, nós desenvolvemos projetos na terra indígena Kadiwéu e também com as artesãs. E pensando nessa questão da visibilidade das artesãs do ir e vir na cidade, no contato com turistas e com o público em geral nós direcionamos essa doação de máscara para protegê-las e para que possam continuar comercializando os seus produtos”, explica a Profa. Dra. Denise Silva, presidente do de Pesquisa da Diversidade Intercultural (IPEDI/UFGD).

SPPPI-MS

Para a Subsecretária de Estado de Políticas Públicas para a População Indígena Benilda Vergílio, a doação vem se somar a gestos de solidariedade e ajuda que o Governo do Estado tem destinado para as comunidades indígenas do Estado.

“Só temos a agradecer ao IPEDI por integrar essa corrente de união na luta contra a pandemia da Covid-19. Essas máscaras, com certeza, vão ajudar na proteção da nossa população e garantir que apesar de todas as dificuldades enfrentadas nesse período, nossas artesãs e artesãos continuem comercializando seus produtos com todas as medidas de biossegurança”, destaca.

Em Mato Grosso do Sul, o uso de máscaras faciais de proteção passou a ser obrigatório em 22 de junho. Isto como forma de prevenção à Covid-19. E funcionam como uma barreira física contra o vírus. Que juntamente com a higienização das mãos e o uso de álcool em gel está entre as principais medidas de prevenção recomendadas pelos órgãos de saúde.

Com informação da SECID/MS (Subsecretaria Especial de Cidadania)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × 1 =

Top